Exportação de Produtos Típicos do Brasil para a China

Buscamos fornecedores para exportação de produtos típicos do Brasil para a China. A demanda é por produtos brasileiros tradicionais, especialmente na área de alimentos e bebidas.

Data de início

Quarta-feira, 20 de junho de 2018

Prazo

Sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Mercado de origem

Brasil

Mercado-alvo

China

Exportação de produtos típicos do Brasil para a China

Desde 2009, a China assumiu o posto de principal parceiro comercial do Brasil. Em 2017, registrou US$ 47,5 bilhões em importação e US$ 27,3 bilhões em exportação. A China continental foi o maior parceiro comercial de 14 unidades federativas brasileiras, incluindo Brasília, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Impulsionada pelo crescimento de 6,9% do PIB, a China importou do Brasil diversos produtos, porém concentrando 80% da pauta em soja, minério de ferro e petróleo. A estratégia chinesa de importações de matérias-primas e recursos naturais fez com que 30% das exportações brasileiras do agronegócio se concentrassem na China, influenciando no superávit comercial de US$ 20,2 bilhões para o Brasil.

A partir de 2018, a China iniciou uma nova etapa em sua estratégia de Comércio Exterior, objetivando aumentar a demanda por bens de consumo e importados. Este fenômeno possui relação com a rápida urbanização, o aumento da renda per capita e a expansão da classe média. Estima-se que até 2022, aproximadamente 400 milhões de pessoas vão ascender para a classe média e mais de 100 milhões de pessoas migrarão do campo para o meio urbano.

Esta projeção influenciará o crescimento da demanda por produtos ocidentais e por padrões elevados de segurança alimentar. Estima-se que a China importará mais de US$ 10 trilhões até 2022, configurando-se como o segundo maior mercado consumidor e importador do mundo, e abrindo uma oportunidade real para a exportação de produtos típicos do Brasil para a China.

Por meio de um projeto inovador de parceria do Grupo MasterInt com instituições chinesas, seu produto poderá ser distribuído em mais de uma província na China, no atacado, no varejo e via e-commerce. É importante que o prazo dos produtos alimentícios até perecer (shelf life) sejam longos e tenham diferenciais, como certificações e relação com o conceito de alimentação saudável.

Seu produto possui qualidade e tem “a cara do Brasil”? Preencha o formulário abaixo e exporte para a China conosco!

Ajuda? Fale conosco: